Pescador morre afogado em lago na periferia da cidade de Araripe

Um homem de 53 anos morreu afogado, nesta segunda-feira (09) durante uma pescaria em um lago localizado na periferia da cidade de Araripe, no cariri oeste. Populares contaram à polícia...

por


Um homem de 53 anos morreu afogado, nesta segunda-feira (09) durante uma pescaria em um lago localizado na periferia da cidade de Araripe, no cariri oeste. Populares contaram à polícia que a pessoa de Antônio Fernandes de França, apelidada de “Capilé” teria chegado no período da tarde ao lago, situado no Sítio Várzea, para pescar onde já se encontravam outros dois homens pescando vindo momentos depois o mesmo desaparecer nas águas do reservatório.

Os dois pescadores disseram aos policiais que atenderam a ocorrência que estavam em águas rasas quando perceberam o afastamento de “Capilé” para um local de águas mais profundas, e minutos depois ouviram o batido da vítima nas águas, mas não puderam perceber em que local específico a mesma se afogou.

O policiamento se deslocou a residência de familiares da vítima na Avenida Vicente Alencar Barbosa, bairro Cipauba 1, em Araripe-CE que reforçaram a veracidade das informações colhidas no local do afogamento. Até o fechamento dessa matéria, o corpo da vítima continuava submerso nas águas do lago, em lugar incerto.

Os Bombeiros militares de Juazeiro do Norte foram comunicados do afogamento, mas, no entanto afirmaram que só existe viabilidade de buscas no período diurno, no que confirmaram o deslocamento para realizar o resgatar do corpo da vítima na manhã desta terça-feira para que seja recolhido pela perícia forense a fim de ser submetido a necropsia e posterior liberação para sepultamento.

Fonte: Caririceara

O post Pescador morre afogado em lago na periferia da cidade de Araripe apareceu primeiro em Cariri Notícias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

MAIS DO Notícias do Ceará

Continue lendo Compartilhar no Whatsapp