Moradores de Várzea Alegre e Granjeiro bloqueiam trecho da CE-060 em protesto pela reforma da rodovia

Moradores de Várzea Alegre e Granjeiro, usaram pneus e galhos de árvores para bloquear o trecho da CE-060 que liga as duas cidades, na manhã desta terça-feira (13). O protesto...

por


Moradores de Várzea Alegre e Granjeiro, usaram pneus e galhos de árvores para bloquear o trecho da CE-060 que liga as duas cidades, na manhã desta terça-feira (13). O protesto buscou chamar atenção para os buracos que tomam conta da rodovia.
Em nota, a Superintendência de Obras Públicas (SOP), órgão responsável pela manutenção das rodovias estatuais, informou que as obras do trecho entre Várzea Alegre e Granjeiro da CE-060 vão ser executadas através de um contrato de conservação, que será publicado em breve.
De acordo com informações da Polícia Militar de Várzea Alegre, a população comunicou com antecedência, por meio de um ofício, que faria uma manifestação pacífica. O destacamento da PM de Granjeiro acompanhou o protesto. Não houve confusão no local.
O líder comunitário, Thiago Soares, de 32 anos, de Várzea Alegre, disse que o principal objetivo da manifestação é chamar a atenção das autoridades para esse trecho da CE-060 ser incluído no pacote de obras do Governo do Estado do Ceará. “A população está cansada de esperar e nós decidimos fazer uma nova manifestação. Fizemos um protesto no mês de abril e outro no mês de maio”, afirmou Thiago, um dos organizadores da manifestação.

Atual estado da CE-060, entre as cidades de Várzea Alegre e Granjeiro
Ainda segundo o líder comunitário, a última reforma nesta parte da CE, aconteceu em abril de 2019, mas não foi concluída. “Essa última que aconteceu eles não chegaram a terminar a reforma. Eles estavam tapando os buracos com terra”, relatou Thiago.
A Superintendência de Obras Públicas esclareceu ainda que durante o período de chuvas os “serviços com asfalto são inviabilizados devido à impossibilidade de secagem do material.”   
(Fonte: G1 CE)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adicine um comentário

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS DO Notícias do Ceará

Continue lendo Compartilhar no Whatsapp